Arquiteto é coisa de rico

Não contrate um arquiteto! Vai sair muito mais caro, com o valor do arquiteto você compra os móveis!

#arquiteto #economia #gastar #projeto #QuantoCustaUmArquiteto


Fonte: Photo by Daniel McCullough on Unsplash

Em algum momento da sua vida você já precisou ou já viu alguém precisar construir, reformar ou decorar a sua casa. E com certeza pelo menos uma vez, você já ouviu alguma das frases a seguir: "o pedreiro faz tudo", "não precisa de arquiteto para reformar", "arquiteto é caro demais", "não precisa de projeto, sei exatamente o que quero fazer".


Pois bem, uma pesquisa realizada em 2015 pelo CAU (Conselho de Arquitetura e Urbanismo) e o Datafolha constatou que apenas 14,6% das pessoas que reformaram ou construíram sua moradia contrataram um profissional especializado, a maioria afirma acreditar que o serviço é caro ou desnecessário, pensam que o serviço do arquiteto custa em torno de 20 a 40% do valor total da obra. Porém as pessoas que não contrataram um profissional (86,4% dos entrevistados) disseram que a experiência foi ruim por uma série de problemas, em geral pela mão de obra não ser qualificada, pela falta de planejamento, pelo prazo além do combinado e pelo desperdícios de materiais.


A verdade é que o serviço do arquiteto gira em torno de 10% do custo total da obra, sem considerar a economia por reduzir o desperdício de materiais, menos retrabalho, uso dos materiais corretos e previsibilidade, pois o projeto demonstra como se espera o resultado final.


Veja abaixo alguns depoimentos que a pesquisa traz:

Por que contratar um arquiteto? Evidentemente contratar um profissional responsável para construir, reformar ou até mesmo decorar proporciona muitos benefícios, se trata de evitar o famoso "barato sai caro". Vamos listar alguns motivos para você contratar um profissional ciente da real economia que terá:


- Projeto de acordo com o que você precisa;

- Planejamento do tempo de obra;

- Controle de gastos;

- Redução no desperdício;

- Segurança (conhecimento técnico)

- Conforto (o responsável se encarrega dos problemas);

- Custo benefício (gera economia inteligente);

- Maior satisfação no resultado final.





O fato é que ao contratar um arquiteto, você economiza entre 20% a 25% do valor da sua obra. Sem contar, que através de um projeto bem elaborado e uma boa gestão, sua obra pode acabar 30% mais rápido. O valor que pagará a um arquiteto pode ser menor do que gastará com o porcelanato ou o mármore da sua casa!


Um profissional especializado tem condição de detalhar a quantidade de materiais que será necessária com o máximo de assertividade, além de indicar produtos e materiais de qualidade e orientar quanto a medidas.


Ao contratar um arquiteto, você terá seu imóvel valorizado, primeiramente pela estética. Afinal você terá harmonização de materiais, texturas, louças, metais, decoração, iluminação, cores, forros, etc.


Além de tudo que já foi citado acima, imagine poder visualizar sua casa antes de ficar pronta com um projeto em 3D, te possibilitando melhor tomada de decisão quanto a designer, beleza, funcionalidade, harmonização, considerando pensar também em muitas outras coisas, possível somente com o projeto de um arquiteto.


E vem cá, quantas vezes você pretende construir ou reformar sua casa?


Acho que sei qual foi sua resposta, pois é, mas se mesmo assim você ainda não tem condições financeiras, existem vários sorteios rolando por aí, faculdades que oferecem projetos a preço de custo feito por estudantes, projetos sociais que permitem parcelamento de tantas vezes que você nem sabia que era possível, e outras que fazem até de graça! Ou você nunca viu programa de TV que faz reforma para pessoas realmente necessitadas? Sem contar a Lei nº 11.888 que garante Assistência Técnica para Habitações de Interesse Social (ATHIS), dá uma pesquisada!


Então, não tem desculpas, encontre o arquiteto ou empresa que combina com você. Se quiserem mais uma indicação, ouvi dizer que a Projefatto tem ótimos profissionais ! ;)


Até a próxima pessoal e mãos a obra!

32 visualizações0 comentário