Como acabar com o mofo na minha casa?

#mofo #acabarcomomofo #projeto #iluminação #ventilação #umidade


Ambientes com pouca circulação de ar, pouca iluminação e insolação, além de umidade são ótimos para proliferação de fungos, o que origina o famoso mofo.

Não é difícil visitar uma casa que tenha aquele cômodo mais isolado, geralmente com pouca ou nenhuma ventilação e com bastante mofo, pode ser o sótão, o porão ou o quartinho para guardar as bugigangas. São ambientes que causam alergias, fazem espirrar, são desagradáveis, além de dependendo da situação terem um aspecto não muito bonito. O mofo é um problema comum em muitas residências e pode causar problemas crônicos de saúde como asma e bronquite, além de agravar os quadros alérgicos de renite e sinusite.


Mas afinal, o que é o mofo?

O mofo é uma formação de vários microrganismos vivos, podendo ser fungos e bactérias. Ambientes úmidos são excelentes para a vida e proliferação desses seres que tem uma coloração desde o esverdeado ao preto.

O mofo não causa somente problemas respiratórios, como as alergias e asma, mas podem causar também problemas de pele como a eczema e a dermatite atópica.


Quais são os locais mais propensos a ter mofo?

Ambientes úmidos, com pouca ou nenhuma ventilação, baixa luminosidade e insolação têm condições ideias para a proliferação dos fungos. Os ambientes mais atingidos por esse problema são o banheiro e a cozinha devido a alta umidade que em geral existe nesses locais, todavia, qualquer ambiente mais fechado está fadado a desenvolver o mofo.

Casas construídas de forma irregular e sem planejamento que não obedecem ao plano diretor da cidade tem maior chance de terem problemas com mofo, pois a maioria das construções não tem projeto, consequentemente não se levam em consideração questões importantes como insolação, ventilação, etc.


Como resolver o problema?

A melhor forma é a prevenção, construir e reformar sempre com projeto, pensando no posicionamento das janelas segundo a orientação do sol e para melhor ventilação, impermeabilizar paredes e lajes que tenham contato com umidade e sempre que possível manter os ambientes limpos e arejados.

Para os ambientes que já tem esse problema é importante verificar se é possível melhorar a ventilação, colocando uma abertura maior e reduzindo a umidade proveniente talvez de vazamentos ou infiltrações, ou ainda utilizar tintas antimofo (no caso de banheiros por exemplo), para isso contate um profissional que pode te ajudar, como um engenheiro civil ou um técnico de edificações.

Existem soluções pontuais que vão ajudar momentaneamente a reduzir o problema, como o uso de desumidificadores ou limpeza do local mofado. A limpeza pode ser feita de forma simples, com um pano úmido em solução de água com vinagre branco, ou bicarbonato de sódio, ou sal ou ainda o uso do álcool até a remoção total das manchas da superfície.

Em resumo, o problema do mofo é algo praticamente inevitável em ambientes com condições ideias para a sua proliferação, existem opções de reduzir o problema, mas a melhor solução é começar de forma certa a construção ou a reforma da sua casa, sempre fazendo uso do acompanhamento de um profissional habilitado que pode projetar e pensar na sua casa ou apartamento durante o período de vida útil do mesmo.


Caso precise de ajuda, entre em contato conosco pelos nossos canais de atendimento ou redes sociais. Um abraço da equipe Projefatto!

19 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo